quinta-feira, 8 de dezembro de 2011

O Vendedor de Sonhos-O chamado


O vendedor de sonhos relata uma história extremamente intrigante. Até o capitulo cinco a história tem o narrador onisciente mais apartir de então ela passa a ser narrada em primeira pessoa.
Júlio César está preste a se suicidar, psicólogos tentam o fazer mudar de idéia a todo custo, porém ele está irredutível, mais um homem completamente desconhecido e maltrapilho chega ao local e vai falar com o suicida. Primeiramente ele ignora completamente Júlio César, e começa a comer um sanduíche, o suicida por outro lado se sente ultrajado, e ao mesmo tempo instigado a descobrir quem é este homem misterioso. O homem maltrapilho de uma forma surpreendente faz com que o suicida reflita melhor sobre sua vida e sobre a sociedade em que vive. Logo após o resgate surpreendente ele convida Júlio César a segui-lo.
Ao decorrer da história este homem vem chamando pessoas para segui-lo - personagens que eu particularmente considero inesquecíveis-.Este homem anuncia aos quatro ventos que a sociedade se transformou em um manicômio global.
Augusto Cury – escritor da história – é um psiquiatra, psicoterapeuta e tem instigado a minha mente e a de muitos outros a questionar certos padrões que a sociedade de hoje vêem estabelecendo.
Obs.: O livro “o vendedor de sonhos” é o primeiro de uma trilogia, a mesma não precisa ser lida em sequencia, porém para uma melhor compreensão da história recomendo que leia na ordem.

Um comentário:

  1. Olá, você gosta do programa, o melhor do brasil, da record, ou seja, do apresentador rodrigo faro, então acho que vai gostar do meu blog http://lamoremiopersempre.blogspot.com/ venha conferir os vídeos, as novidades, as fotos, se gostar pode me seguir no blog e no twitter, aguardo você e seu comentário,abraços.Fabio Fraga.

    ResponderExcluir

Fico muito feliz por você estar comentando, porém peço que seja sem palavrões, ofensas, ou assuntos que não tem haver com a postagem.
Obrigada! :)